Equipes da Vigilância Sanitária e Endemias pedem ajuda da população no combate ao descarte irregular de resíduos

Segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Última Modificação: 27/02/2018 13:25:39 | Visualizada 1324 vezes


Ouvir matéria

A atuação das equipes dos setores de Vigilância Sanitária e de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde de Araruna têm sido notável nos últimos tempos.

 

Iniciativas inovadoras como o Projeto Caçamba Social, que em apenas três meses coletou cerca de 300 toneladas de resíduos sólidos tem tido um papel significativo na redução do número de casos de doenças causadas por insetos, como o mosquito transmissor da dengue, Chikungunya e Zika vírus ou mesmo minimizando a possibilidade de casos de infestação de escorpiões – como ocorreu na região nos últimos meses.

 

Infelizmente o trabalho desenvolvido pelo Poder Público Municipal não tem sido o bastante, pois os funcionários dos setores responsáveis pela fiscalização tem encontrado significativa falta de colaboração por parte da própria população.

 

Na sexta-feira, 9, com o apoio da equipe do Setor de Viação e Obras, os agentes realizaram a limpeza de uma área de reserva ambiental na zona urbana da cidade, próximo ao bairro Jardim Sorriso, onde retiraram um caminhão caçamba de resíduos. Na manhã da última sexta-feira, 16, apenas uma semana depois o local já está repleto de todo o tipo de resíduos: de roupas à restos de construção e resíduos de poda.

 

A Chefe do Setor de Vigilância, Tatiane Ferretti alerta que o descarte irregular de resíduos sólidos é crime ambiental conforme Lei Federal nº 12.305/2010 e Lei Municipal nº 1.741/2013 e pede a população que denuncie quando se deparar com este tipo de ato por meio do telefone 44 3562 2343 no Setor de Vigilância Sanitária.

Fonte: Comunicação Social da Prefeitura de Araruna

 Galeria de Fotos

 Veja Também