Assistência Social promove ações de proteção à criança e ao adolescente

Terça-feira, 29 de maio de 2018

Última Modificação: 11/06/2018 14:05:37 | Visualizada 485 vezes


Ouvir matéria

A Prefeitura de Araruna, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social realizou no período de 14 a 18 de maio uma série de ações alusivas à Semana de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes.

 

As atividades fazem referência ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes  (18 de Maio) e foram coordenadas pela própria secretaria. A mobilização tem o objetivo de chamar atenção da sociedade acerca da violência contra crianças e adolescentes com a finalidade de evitar a propagação de agressões contra esses jovens.

                               

SOBRE A DATA

O 18 de Maio é o Dia Nacional de Luta contra o Abuso e Exploração sexual de Crianças e Adolescentes, instituído pela Lei Federal N°. 9970/00. A data foi escolhida porque em 18 de maio de 1973 em Vitória (Espírito Santo), uma atrocidade chocou todo o país e ficou conhecido como o “Crime Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade que foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada. Seu corpo apareceu seis dias depois, carbonizado, e os seus agressores nunca foram punidos.

 

PREVENÇÃO

Segundo a Educadora Social Thaiz Martim, uma das envolvidas nas ações, a melhor maneira de se combater a violência sexual contra crianças e adolescentes é a prevenção. “É necessário um trabalho informativo junto aos pais e responsáveis, a sensibilização da população em geral e dos profissionais das áreas de educação e jurídica, com a identificação de crianças e adolescentes em situação de risco, além do acompanhamento da vítima e do agressor”, finalizou.

 

DENUNCIE

Além da prevenção, o combate a essa realidade exige que os casos sejam denunciados. Portanto, qualquer pessoa que saiba de algum caso de violência sexual infantil, deve procurar o conselho tutelar, delegacias especializadas, polícias militar, federal ou rodoviária ou ligar para o Disque Denúncia Nacional, para número 100.

Fonte: Comunicação Social da Prefeitura de Araruna

 Galeria de Fotos

 Veja Também